quarta-feira, 27 de abril de 2011

Mas isto está tudo doido ou... sou eu que não estou a ver bem a coisa?

          Estava aqui a dar uma vista de olhos nas parangonas acerca do surrealismo diário a que aos poucos nos vamos habituando e deparo-me com uma delas que reza assim: "Crise e falta de médicos obrigam a mudanças na saúde em Lisboa".
          Quer dizer: aqui deve haver qualquer coisa que não bate certo. Então há falta de médicos em Portugal? É que... como tudo se faz para que os nossos jovens não entrem para medicina, impingindo-os para cursos que não interessam para nada, pelo menos para os que desejariam ser médicos, condenando-os ao previsível desemprego ou à frustração de uma profissão para a qual não têm vocação, eu, sinceramente, pensei que havia médicos a mais e os médicos espanhóis, colombianos, brasileiros. argentinos, etc., que encontramos em todos os hospitais e centros de saúde, eram apenas convidados ou andavam por cá unicamente para fazer mestrados, estágios, acções de formação e assim...   
          Mas então... há falta de médicos, é?... Nã...! Mentira! Estão a brincar aqui com o Zé Povinho, certo?
          Pois se não deixam os nossos meninos estudar medicina.... há médicos a mais, não é?... Não é?... Por favor digam que sim!... Caso contrário, vou mesmo pensar que está tudo doido... ou sou eu que não estou a ver bem a coisa?...

Um beijo para as meninas e um abraço para os rapazes,

Jorge 


5 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

deixo simplesmente a minha poesia... ...




SER PALHAÇO


Ser palhaço...
É ser gente...
E é saber...
Rir...
Quando apetece...
Chorar...
Ser palhaço...
Muitas vezes...
É vida...
Muito dorida...
Mas...
O palhaço...
Pinta a cara...
Faz palhaçadas...
Faz rir...
E ao ver...
A alegria...
Dos outros...
Também ele...
Se sente feliz...
E acaba por...
Deixar de chorar!...

LILI LARANJO

wind disse...

O problema é que eles não têm infra estruturas para formar e pagar muitos mais médicos.
Beijos

José Sousa disse...

Amigo Jorge!
Estou farto de debater este assunto! Você foi bater na tecla certa! Isso é toda a verdade! Vou a um hospital e tem médico que fala com sotaque Brasileiro, espanhol, se é preto lhe pergunto de que país, me diz que é do Senegal, da Guiné Conacri, de Cabo verde! Afinal andam a brincar com o povo português! Isto é um atentado aos portugueses! Eles estão cá ganhando o dinheiro e o mandando para os seus países e os nossas jovens não podem estudadr?!

Sinceramente! Parabéns pele texto.

Um bom fim de semana.

Álvaro Lins disse...

Jorge parabéns pelo tema. No entanto há duas ou três coisas a fixar:
1º Em Portugal não há falta de médicos. Existe má distribuição geográfica.
2º Em virtude do corporativismo da Ordem dos Médicos, há de facto falta de alguns médicos, especialmente no Interior: Psiquiatras, Oftalmologistas, Médicos de Familia e outros.
3º O problema do SNS em Portugal não reside na falta de médicos. Isso serve para distraír a gente.
Reside na´péssima gestão, na desqualificação de muitos profissionais que lá trabalham, entre outras. Isso fica para uma próxima.
Abraço

tecas disse...

Poeta e prosador Jorge, uma vénia pelo seu texto. Um bom tema infelizmente actual.
Não está doido, não! Melhor, ficamos todos doidos se as coisas continuarem assim. Há coisas que não são para o povo entender...
Abraço amigo